Projeto Venezuela

La Ciudadanía Construye su Historia. Reconstrucción del imaginario, uso del espacio y Procesos Sociopolíticos (Siglo XX)

A Cidadania Constrói a sua História. Reconstrução do Imaginário, Utilização do Espaço e Processos Sociopolíticos (Século XX)

País: VENEZUELA

Localização: PUERTO AYACUCHO, STATO INDIGENO DI AMAZONAS.

Resumo: O projeto visa reconstruir os aspetos fundamentais da memória histórica de Puerto Ayacucho, como espaço sem petróleo, em termos de participação e ação coletiva no processo de integração nacional e de consolidação da Venezuela.

Descrição detalhada: Puerto Ayacucho, capital do Estado Indígena do Amazonas, tem sido ao longo dos anos objeto de uma forte imigração de vários membros dos povos indígenas, incluindo Banivo, Wotjuja ou Piaroan e Kurripakos, a partir das áreas circundantes.

Durante uma missão inicial, foram realizados encontros com diversas personalidades da região para definir interesses e necessidades relacionadas ao conhecimento de sua história (estudiosos, jornalistas, representantes indígenas, não indígenas, autoridades municipais) e com o Governador do Estado Indígena do Amazonas, Liborio Guarulla, que renovou o apoio do Estado ao projeto.

Para alcançar os objetivos estabelecidos pela atividade de investigação, pretende-se recolher os testemunhos dos cidadãos como fontes fundamentais e insubstituíveis. O objetivo é, portanto, identificar os atores sociais que têm a tarefa de contribuir para a reconstrução da memória coletiva destinada a interpretar a participação dos cidadãos na integração nacional.

Ao mesmo tempo, iremos proceder à localização e sistematização de repertórios documentais e materiais úteis para o efeito. Devido à complexidade da investigação, serão consultadas múltiplas fontes nos arquivos documentais e hemerográficos da República da Venezuela: Registro Principal del Estado Amazonas – Archivo Histórico de Miraflores – Archivo General de la Nación, Sección de interior y Justicia, Biblioteca Nacional, sección de Hemeroteca nacional, Hojas sueltas, Libros Raros.

Numa segunda fase, procederemos à análise, discussão e edição dos resultados da atividade de investigação. Estes serão tornados públicos e partilhados em seminários abertos, como a Conferência Internacional de Americanística, através da representação dos principais expoentes da investigação.

A missão produzirá também material para revistas cegas de referência e outros tipos de publicações coletivas.

Parceiros e Financiadores:

  • Ministério dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação Internacional, Italia (MAECI-DGSP)
  • A Universidade de Zulia
  • Universidade de Perugia.